domingo, 24 de junho de 2012

Uma noite com um amigo..

Boa Noite a todos!!


Hoje estou aqui para vos contar a minha noite a masturbar-me para um amigo!!!


Bem como ja perceberam dos outros acontecimentos, o meu namorado adora quando pensamos em eu estar com outras pessoas ou mesmo nós, e esta semana aconteceu.. mas nao houve sexo em si, apenas coisas muito softs mas que me deixaram com um tesao inimaginavel..
Tudo começou por brincadeira, eu estava a passear em cascais quando encontrei um amigo que ja não via à imenso tempo, então fomos beber um café e pôr a conversa em dia..
Quando chegamos ao café e nos sentamos percebi que pela maneira dele agir cmg que ele queria mais do que um simples cafe. Então mandei uma sms ao meu namorado e contei-lhe o que se tava a passar, foi quando por meu espanto ele me disse que adorava que, ja que ele estava com outras vontades, para eu me insinuar e fazer com que ele fica-se doido de vontade para me comer.. mas desde logo lhe disse, ao meu namorado, que se acontece-se algu seria coisas softs sem penetração, pois iria ser a primeira vez q estaria sozinha com outro homem..
E assim aconteceu, começai por lhe tocar na mao, a morder os labios de forma sexy, e pergunteilhe se por acaso ele nao tinha carro para podermos ir para outro lugar mais privado.. Quando ele respondeu que sim eu pegueilhe na mao e fomos embora.. quando chegamos ao carro disselhe para irmos ate ao guincho para um sitiu que normalmente vou e ele concurdou.
Assim que chegamos começai por porlhe a mao na perna e a beija-lo, pouco depois ja tava com a mao no caralho dele e pergunteilhe ao ouvido se nao queria ir para os bancos de tras para estarmos mais a vontade e ele disse que sim..
Eu tava de minisaia branca e um top, assim que me sentei no banco de tras metilhe a mao dele no meio das minhas pernas para ele poder aceder á minha cona que estava muito molhada de tesao.
Ele foi tentando subir a mao e eu para facilitar puxei a saia para cima e abri as pernas de forma a que nao existise problemas em ele penetrar os dedos na minha cona.. Devo confessar q queria era aquele caralho em mim.. Foi entao que lhe desapertei as calças e lhe pedi para se despir, assim que tirei os boxers vi aquele pau que era muito bom e agarreime logo a ele e começai a bater-lhe uma muito devagar, e dps nao resisti e deixei a minha boca ir ao encontro daquela cabeça e começai a lamber deixando-a mulhadinha e começai a bater cada vez mais rapido, e ele a mexer os dedos mais rapido dentro de mim e assim ficamos durante um bucado nesta masturbação.. Depois pedilhe para me filmar a masturbar-me e que seria uma prenda tambem para ele para se lembrar da minha cona.. e aqui fica o video de mim a masturbarme para um amigo...
video

Como poderam ver esta desejosa de levar na cona, mas quem sabe para proxima não levo mesmo :P


Beijos molhados para todos voces da vossa Lucia....


segunda-feira, 14 de maio de 2012



Um dia, uma 5ª feira, eu e a minha namorada tivemos a ideia de irmos, á noite a um bar, beber um café, ouvirmos música e relaxar um pouco. Então saímos do trabalho fomos a casa tomar um banho e jantar-mos. Estava uma noite bastante silenciosa e com imenso calor, o céu estava completamente estrelado e a lua estava cheia com muita luz que iluminava até as pequenas ruas da aldeia. Fomos então arranjarmo-nos os dois em casas de banho diferentes… Quando me acabai de me arranjar, fui para a sala esperar por ela, quando de repente… ela surpreendeu-me com um vestido preto bem curto, justo, saltos altos, fiquei logo com muita tesão por ela, eu só pensava, meu deus que boa que estás... mas não disse nada, só imaginava poder fudela! Ela estava bem sexy, com bastante humor e alegria.. Feliz.. Depois resolvemos então ir para um bar, mas pelo caminho ela diz-me que não queria ir a qualquer sítio, e eu perguntei-lhe então “Onde é que queres ir?”
Ela: Vamos a um bar novo que abriu já ali á frente.
Eu: ok vamos então.
Chegámos e o bar parecia ter imensa boa onda, decoração bastante descontraída, luz muito soft, um pouco escuro… Ao início não percebi, levai tudo na maior das inocências, mas mal sabia o que me esperava! Estávamos numa mesa a beber o nosso café e a conversar descontraidamente, quando começai a olhar com mais atenção a minha volta dei conta que havia imensos casais também descontraidamente a beber o seu café mas estavam a conhecer outros casais, e alguns desses estavam a ir para umas salas nos fundos, mas nada fazia desconfiar o q era aquele bar pois o ambiente era super natural bastante agradável, música muito boa onda, ambiente extremamente calmo, não se ouviam qualquer tipo de barulhos. Fiquei um pouco desconfiado. Entretanto de repente ela diz-me:
- Sabes porque quis vir aqui a este bar?
Eu: Não sei, porque é novo? Tem muito boa onda? (disse eu na minha enorme inocência)
Ela: Humm, também... Mas.. não desconfias de mais nada?
Eu: Não mas porquê devia?
Ela: Não nada disso… só uma coisa eu combinei aqui com um casal um cafezinho espero que não q importes desculpa não ter dito mais cedo… tá?
Eu: Tudo bem sem problemas… ainda bem assim estamos acompanhados (disse eu mais uma vez inocentemente sem saber o q na realidade ela estava a esconder).

Foi então que chegou um casal super bem-parecido, com muito boa onda, com classe, e ela chamou-os dizendo que estávamos ali… ela apressou-se a apresentarmos, e ate ali estava tudo bem, eram pessoas super simpáticas e bem-humoradas bastante alegres, foi então que de repente eles disseram que iam só ao bar buscar umas bebidas e levantaram-se e foram… foi então que ela me diz:
Ela: Olha lembras-te da nossa fantasia de fazermos com um casal swing?
Eu: (eu ainda um bocado surpreendido e embasbacado, pensei logo em tudo aquilo e percebi tudo, ela tinha-me feito uma surpresa e achado um casal super interessante e boa onda para a nossa fantasia e obvio que fiquei feliz porque era uma coisa que nos excitava imenso, e logo respondi) não me digas que são estes o casal que...
Ela: Sim são, espero q gostes porque eu demorai imenso tempo para tornar isto perfeito..
Eu: Se gostai? Eu adorai mor… são perfeitos..

Assim que chegaram eles convidaram-nos para irmos para uma das salas dos fundos. Levantámo-nos e fomos. Eu só pensava – não acredito que isto está a acontecer. Quando entrámos na sala, fiquei surpreendido a sala era super bem decorada, agradável, á média luz num ambiente perfeito de tons avermelhados, super elegante, tínhamos um interruptor sensível ao toque para podermos baixar a luz o quanto quisesse-mos ou então desligar e ligar os strobs e por uma música bem excitante… sentámo-nos ainda com a luz bem soft com música calma e baixa.

Começámos a conversar e como que naturalmente a minha namorada começou a conversar com o outro rapaz e eu começai a falar com a outra rapariga, estávamos todos super entretidos a conversar e foi então que por acidente a luz apagou-se e ligaram-se os strobs (aquelas luzes brancas a piscarem são super sexys e excitantes quando no momento certo, e este era definitivamente o momento certo) a música alterou-se para uma batida sexy e de repente sinto que a minha namorada se levanta com o rapaz e vão para o sofá em frente conversar, foi então que percebi que ia acontecer tudo, fiquei muito excitado mesmo… Mas continuei a falar ao ouvido da outra rapariga e ela no meu ouvido também, e entre esses momentos em que falávamos surgiam toques sensíveis, suaves bastante vibrantes!

De repente olhai para a minha namorada e via a beijar o outro, bem sexy e a olhar para mim, ela agarra a mão do rapaz e mete no joelho dela e começa a subi-la e de repente noto que ela não tinha trazido cuecas...
à medida que ela ia subindo a mão dele pelas suas pernas, ela ia abrindo as pernas e mostrando a sua cona bem sexy, foi então que ela põe a mão dele na sua cona e com a outra mão dela toca nas suas mamas, ela estava completamente cheia de tesão, e o outro rapaz, notou-se que ficou bem doido quando ela fez aquilo, por outro lado eu e a rapariga estávamos também a ficar cheios d tesão com aquilo e foi então que nos começamos a beijar! Ela também estava de vestido preto, abriu as pernas e disse-me ao ouvido: sente a minha cona a latejar de tesão…
eu fiquei doido e toquei-lhe, tinha uma cona, também, bem sexy, suave e bastante molhada… Eu sentia os lábios da cona a latejaram na minha mão foi então que lhe enfiei os dedos, na cona, e ela gemeu de prazer e dizia – “fode a minha cona com a tua mão fode… isso…”

Entretanto do outro lado via a minha namorada já a bater o caralho dele intensamente e cheia de tesão. Ele enfiava-lhe os dedos bem fundo na cona; ambos estavam loucos de desejo, um pelo outro, e nós igualmente estávamos, começámos a despir-nos e lentamente nos levantámos os 4 e começámos a dançar, elas começaram a beijar-se e a tocarem-se intensamente, o outro rapaz estava atrás da minha namorada e eu atrás da namorada dele, foi então que elas se baixaram e começaram a chupar-nos o caralho bem fundo, com bastante excitação. A minha namorada engolia o caralho do outro e a outra engolia o meu…

 
Tinha uma boca muito deliciosa... Depois fluiu para uma posição bastante sexy e excitante, o rapaz estava sentado no chão, a minha namorada estava a xupalo de 4, a outra rapariga estava deitada por baixo da cona da minha namorada a xupala bem deliciosamente, e eu chupava a cona bem molhada dela, nisto já se ouviam gritos de excitação de todos, e foi então que eu me levantei e cheio de tesão por estar a ver uma gaja a fuder a cona com a boca na minha putinha, enfia-lhe naquele rabo bem bom e aberto a chamar por mim, enfiei bem fundo o que levou ao céu de tanto prazer.



Ela estava maluca, estava a ser fudida em todos os buracos… e isso excitava-me bastante. Foi então que ela se levantou e agarrou no rapaz e sentou-o no sofá, abrindo o seu cuzinho todo para ele e enfiou bem até ao fundo e disse para eu a ir fuder aquela cona e a outra para pôr a sua cona, na boca dela; ela delirou com dois paus a fuderem-na ao mesmo tempo, de repente e sem que houvesse nada a fazer ela levantou o cuzinho de mais e o caralho do outro saiu para fora, so k ela imediatamente baixou o cu, mas não enfiou no rabo enfiou igualmente na cona sem querer e sem que nada o fizesse prever ela delirou com aquilo e gritava – ahhhh isso seus cabrões rasguem-me a cona toda, fodam-na todinha sem piedade… Isso excitou-nos imenso e assim fizemos, levamo-la á loucura. A outra também já bem molhada quis ocupar o lugar dela e disse – agora é a minha vez e quero ser fudida de igual forma! Quero que me rasguem todinha, porque hoje sou a putinha dos três; e assim foi agarrou nos dois caralhos como se não houve-se amanhã e enfiou-os no rabo, que estava tão aberto e molhado com o líquido da sua cona que os caralhos entraram com a maior das suavidades sem esforço algum, começamos a fudela bem forte abrindo ainda mais o seu cu… A minha namorada beijava o outro rapaz enquanto a sua cona era comida pela outra rapariga e eu lambia-lhe aquele cu bem gostoso e bem bom. Estava tudo bastante bom… Cada vez mais excitados…elas cada vez mais excitadas só queriam ser fudidas bem forte e loucamente!

Continua-mos nisto durante 5 horas, sempre a fuder sem parar, de repente elas levantam-se e a minha namorada agarra no outro rapaz e senta-se em cima do seu pau e começa a fudelo. Depois a outra agarrou-me e sentou-se igualmente no meu pau e todos nós começámos a fuder bem gostoso e sexy os nosso parceiros… Ambos nos beijávamos, tocávamo-nos bem calmamente e com bastante sensualidade.. A minha namorada não parava de cavalgar o caralho do outro e vinha-se vezes sem conta, tal como a outra rapariga que estava comigo… Foi então que como por magia nos viemos os 4 ao mesmo tempo. Foi um momento único de sexo intenso e louco com outros parceiros que adoramos intensamente! Fomos então beber uma bebida, para descontrair e naturalmente continuamos bastante atraídos uns pelos outros, pois as nossas carícias continuam bem excitantes e loucas. A partir daí tornaram-se nossos amigos para tudo e tudo mesmo…

E assim ficou a minha cona, completamente rebentada...


Espero que gostem e q continuem a seguir o blog..

Beijinhos molhados nesses paus bons.. da vossa amiga Lucia....

quarta-feira, 9 de maio de 2012




Tudo começou quando a Lúcia numa noite em que namorávamos me divulgou um dos seus segredos, ou melhor uma das suas fantasias sexuais! Depois dessa noite ambos contámos um ao outro, todos os nossos desejos, todas as fantasias que desejávamos tudo o que nos excitava e nos deixava loucos de tesão e que nos acabava por dar prazer…
Desde então tentámos realizar algumas e continuamos a tentar e a trabalhar para proporcionarmos prazer um ao outro de formas diferentes…
Uma das coisas que fizemos foi, começar a escrever histórias com os pensamentos que nos excitavam, com as coisas que nos davam prazer proporcionando assim mais prazer um ao outro!
Das inúmeras coisas que já fizemos e das que queremos ainda fazer e desejamos, surgiu a ideia de criarmos este pequeno espaço para divulgar o prazer que temos e que esperamos vir a ter, contar as nossas histórias, as aventuras que tivemos e que desejamos vir a ter!
Por isso aqui publicaremos as nossas histórias, que podem quebrar a monotonia dos casais;)
Esperamos que gostem =)
Beijos molhados da Lúcia...

quarta-feira, 25 de abril de 2012

O verdadeiro sentido de prazer do sexo não está em faze-lo mas sim em vivê-lo...